anselmolsm.org

Só falta a tenda e o picadeiro

| Comments

Hoje em dia a moda é fazer piada de tudo, tudo mesmo, até daqueles eventos em que não existe motivo algum para se achar graça. Não, não estou dizendo que as pessoas devem deixar o bom humor de lado, o ponto que estou dando enfoque são aquelas situações em que nota-se uma completa falta de senso crítico para perceber que não há como se ver graça no sofrimento alheio ou na degradação da sociedade capenga em que vivemos.

Ontém enquanto voltava para casa, caminhando pelas ruas de Barão Geraldo, dividia minha atenção entre verificar se a sacola com caixas de leite não ia aprontar uma e entre esse tema que introduzi acima. O que será que faz pessoas agirem de tal forma? Será a extrema necessidade de tentar manter os holofotes sobre si mesmo? Será que se perdem em meio á constante busca de emplacar algo que provocará comentários de todos à sua volta? Daí você me pergunta, do que raios você está falando?? Estou tentando explorar o que leva a atitudes tais como fazer piadas com uma pessoa que se mata; receber um e-mail contendo uma cena para lá de absurda de uma (espero eu) montagem de uma criança praticando sexo oral em um adulto e fazer questão de passar para todas as listas de e-mail que faz parte talvez para se destacar como “o cara que mandou para a lista”, entre outras situações. Citei essas duas pois foram as mais recentes que presenciei.

Na primeira delas, o alvo das piadas era um indivíduo que dera cabo à sua vida há alguns meses na Unicamp. Talvez julgando que pessoas que tomam tal atitude o fazem por diversão, por um bom tempo o episódio era tema de piadas imbecis nas rodinhas e quem não ria com isso ou não produzia sua própria versão era considerado como o errado. Acho que não é necessário ter conhecido gente que quase cometera suicídio ou outra pessoa que infelizmente levou até isso o fim para compartilhar do que penso a respeito. Por mais materialista, ateu, existencialista e todos os demais istas e ismos existentes que uma pessoa seja, não consigo encontrar justificativas para tratar de tal forma o acontecido. Mas infelizmente, para mudarmos nossos posicionamentos perante a vida, é necessário que sejamos atingidos por situações até então só presenciadas à distância. E, quando isso acontecer, é torcer para que não existam por perto outros sujeitos inconsequentes para fazer piada, para “imitar” o acontecido, etc…

O segundo caso que relatei acima acredito já ter ficado claro.

Enfim, como todo mundo é palhaço, para estabelecer de vez o circo nesse mundo só falta mesmo a tenda e o picadeiro…

Comments